domingo, 3 de agosto de 2008

Maurício destaca em debate na Bandeirantes a revitalização do Rio Belém

O candidato a prefeito pelo Partido Verde em Curitiba, Maurício Furtado, avaliou que foi muito positiva a participação no debate da Bandeirantes na quinta-feira à noite. Furtado defendeu as principais propostas do PV. Uma delas é a revitalização do Rio Belém. “Queremos transformar os 22 quilômetros de extensão do Rio Belém em um parque de lazer para a população”.
Outra proposta destacada por Furtado foi a implantação da educação integral para o ensino fundamental num período de 6 anos. Uma das cidades citadas, onde o projeto deu certo, é Apucarana.
O candidato verde criticou administrações anteriores e principalmente a atual que não tem inovado na busca de soluções para um dos principais problemas de Curitiba que é o trânsito. “Temos que viabilizar o metrô, implantar ciclofaixas e principalmente estimular o uso de bicicletas”, afirmou.
Ao fim do debate, Furtado disse que a iniciativa da Bandeirantes foi uma oportunidade excelente para que a população conheça os candidatos e suas propostas. “Participaremos de todos os debates”, afirmou ao confirmar a presença no próximo debate da rede, dia 28 de agosto.





Fonte: Secretaria de Comunicação PV-PR

2 comentários:

Leandro Espinola Araújo Abecassis disse...

Após assistir o debate percebi que precisamos de propostas mais claras e viáveis para a cidade, se realmente queremos chegar à prefeitura de Curitiba. E tudo isso começa com um plano de governo e não apenas com 7 propostas básicas, afinal uma cidade de 1,8 milhão de habitantes não se governa sem umplano de governo, um plano de ação. Tudo bem que num debate o tempo é curto, mas por isso mesmo as propostas precisam ser mais claras e objetivas. Precisamos fugir um pouco desse discurso ambientalista, não abandoná-lo, pois hoje a preservação do meio-ambiente nunca foi tão importante para o futuro da humanidade, mas precisamos pensar a cidade como um todo, seu lado humano, social, econômico, ambiental, para sim podermos torná-la mais sustentável.
Na minha opinião, o Maurício deixou a desejar, talves pela sua falta de experiência política, o que deve ser levado em conta, afinal é a sua primeira candidatura, mas faltaram idéias e propostas mais objetivas, dados mais cocretos, temos que tomar cuidado para não cair no mesmismo e não nos tornarmos apenas mais um candidato que vai meter o pau no Beto Richal. O Partido Verde deve manter a sua identidade, sua independência e se tornar a 3ª via, mas com o andar das eleições está ficando difícil de acreditar que isto será possível.
como sempre me coloco à disposição para ajudar na campanha, mas qualquer eleição sem organização, estrutura e um pouco de boa vontade não vai a lugar nenhum.
O PV tem uma imagem à preservar e não deve se misturar no bolo do grupo dos candidatos do requião. Acredito que com um pouco de organização e profissionalismo, sim, porque hoje na política, quem não se profissionaliza não vai à lugar nenhum, se o objetivo do pv, como de qualquer partido é chegar ao poder, precisamos agir com seriedade, organização competência, sem perder nossos valores e nossa ideologia, afinal é isso que nos diferencia ou deveria pelo menos, nos diferenciar dos demais partidos políticos.

Josiane Ferraz disse...

Eu penso diferente!
O Maurício fez perguntas inteligentes. Sabe ser crítico e apresentar conteúdo ao mesmo tempo. Não foi lá para atacar, foi sim para apresentar uma proposta melhor para Curitiba! Não é um candidato que vai ganhar a simpatia do povo por um sorriso estático no rosto.
A educação é a prioridade dentre as propostas e o Partido Verde tem uma ligação com o ambientalismo óbvia e inquestionável. Ou acha que os rios não são importantes?
Os que acham que não há congestionamento em Curitiba, certamente não saem de casa!
Sem dúvidas não caímos no mesmismo. O PV é um partido com propostas diferenciadas e está mostrando isso. O Maurício é sim um candidato iniciante mas não fez feio! "Chega dos mesmos", apesar de não ser original, encaixa-se bem aqui.